Reflexão com Padre Claudio Santos
11/07/2018 - 16h24 em Reflexão do dia

Hoje, na memória de São Bento, nos perguntamos: o que é ser santo ou como ser santo? Corremos um sério risco de querer copiar os santos. 
Muitos jovens de hoje aspiram a santidade, mas se frustram porque não conseguem ser como Bento, Francisco, Terezinha, João Paulo II, Teresa de Calcutá...
A santidade não é ser cópia.
"Na ordem moral, o academismo das virtudes, que exige do ser humano fazer-se "cópia" de um ideal, transforma a vida moral num cemitério de mentiras, no fim, o ideal terá subjugado a consciência e feito de todo ato uma hipocrisia... Copiem até que possam o seu ideal, construam, copiem com o compasso e com a régua, vocês serão sempre uma imitação; não há cópias no mundo de Deus. Imitar os santos não é copiar um ideal; não é copiar os santos. Significa, com o seu exemplo, deixar-se conduzir, como eles, por um Outro para onde você não quereria ir, deixar que o amor o configure, por dentro, à Forma que transcende toda forma; significa, precisamente, tornar-se um "original", não uma cópia". (J. Maritain)https://www.facebook.com/photo.php?fbid=2009297702422636&set=a.375068302512259.91387.100000272764526&type=3&theater

COMENTÁRIOS